Destaques

Um ano de governo Kalil em BH: quais promessas o prefeito já cumpriu?

No dia 1º de janeiro de 2018 completou-se um ano desde que Alexandre Kalil (PHS) assumiu a Prefeitura de Belo Horizonte. É chegada a hora de fazer um levantamento do que esse um ano de governo Kalil significou para os belo-horizontinos. Das promessas feitas pelo prefeito, quais ele já cumpriu e quais ainda precisam de atenção?

Com o slogan “chega de político”, o ex-cartola atleticano assumiu a Prefeitura de BH trazendo expectativas à população sobre um novo modo de governar. Com um jeito despachado, as falas sem medidas e a segurança de quem, em diversos discursos, afirma não ter o “rabo preso com ninguém”, ele tem alcançado bons índices de aprovação popular.

Governar para quem precisa, caros colegas vereadores, é governar abrindo mão de cargos, abrindo mão de empregos, abrindo mão de gastos desnecessários”. 
Trecho do discurso de Alexandre Kalil na solenidade de posse como Prefeito de BH, em janeiro de 2017

À primeira vista, o balanço é positivo e justifica a boa aprovação. A Prefeitura de BH fechou o ano de 2017 com as contas em dia e, dentre os pontos favoráveis, alcançou a marca de 17 mil novas vagas na educação infantil.

Porém, analisando, uma a uma, as promessas feitas durante a campanha eleitoral e o que foi cumprido nesse um ano de governo Kalil, o Prefeito ainda deixa a desejar.

Para facilitar a fiscalização dos belo-horizontinos, o Sinfisco-BH apresenta um levantamento das principais promessas feitas por Alexandre Kalil, ao longo de sua campanha eleitoral. E, dessas promessas, quais foram ou não cumpridas.

Um ano de governo Kalil: o que foi cumprido

O Portal G1 criou uma página para que a população acompanhe a atuação de diversos ocupantes de cargos políticos. Nela, é possível verificar as promessas feitas pelo presidente, por governadores, pelos prefeitos das capitais e por ex-governantes, analisando o status de cada uma.

As promessas são divididas em oito áreas: administração; direitos humanos e sociais; educação e cultura; habitação; infraestrutura; mobilidade urbana; saúde; e segurança pública.

No portal, são apresentadas 38 promessas feitas pelo Prefeito Alexandre Kalil, das quais a maioria consta em seu programa de governo, além das que foram feitas em discursos, durante a campanha eleitoral.

Dessas, segundo avaliação do G1, apenas sete foram totalmente cumpridas. São elas:

  1. Criar a Secretaria de Cultura;
  2. Triplicar o número de crianças matriculadas em ensino pré-escolar;
  3. Retomar o Plano Municipal de Educação;
  4. Colocar em total funcionamento o Hospital Metropolitano do Barreiro;
  5. Retomar a operação do setor de pediatria do Hospital Risoleta Neves;
  6. Criar a Secretaria de Prevenção Social da Violência e Segurança;
  7. Criar a sala de Situação.

Um ano de governo Kalil: o que ainda não aconteceu

Em julho de 2017, seis meses após assumir a Prefeitura, Kalil realizou uma transmissão ao vivo, em sua página no Facebook. Em tom de desabafo, o gestor chegou a dizer que “está foda” cumprir as promessas que fez e que tudo “continua ruim” na Prefeitura.

Passado um ano desde que assumiu o cargo, o Portal G1 aponta que, das 38 promessas feitas, 21 não foram cumpridas por Kalil, sendo:

  1. Criar o Grupo de Trabalho Multidisciplinar para Integração Metropolitana;
  2. Criar canais de ouvidoria;
  3. Criar o programa Transformando Minha Escola;
  4. Criar o programa Falando com o Mundo;
  5. Criar o programa Mestres, Nossos Amigos;
  6. Criar o programa Escola Pública, Escola Nossa;
  7. Criar o programa Respeitando Nossas Companheiras;
  8. Criar o programa Conversando a Gente se Entende;
  9. Criar um Fundo Municipal para Mobilidade Urbana Sustentável;
  10. Não permitir novas ocupações em Belo Horizonte;
  11. Implementar trens intermunicipais com linhas troncais de metrô;
  12. Proibir o estacionamento permanente de caminhões nas vias urbanas;
  13. Criar uma central de atendimento eletrônica e física para os serviços de saúde;
  14. Divulgar planilha de lucros das empresas de ônibus;
  15. Ampliar a cobertura do Saúde da Família para 93%;
  16. Municipalizar vias que estão sob gestão federal;
  17. Implantar o dispositivo eletrônico de segurança preventiva;
  18. Criar 18 Centros de Referência em Saúde Mental (CERSAMS);
  19. Vacinar 100% da população de risco contra dengue e contra H1N1;
  20. Dobrar o efetivo da Guarda Municipal;
  21. Criar o programa de Resistência a Gangues.

Também é possível acessar os projetos cumpridos em parte. Aqueles que foram prometidos, começaram a ser colocados em prática, de alguma forma, mas não completamente. Você pode conferir a análise completa do Portal G1 clicando AQUI. Além disso, é possível ver os motivos pelos quais as promessas foram ou não cumpridas.

Para se inteirar ainda mais, acesse o Plano de Governo completo de Alexandre Kalil neste link AQUI. Assim, é possível fazer uma comparação entre o projeto de campanha e o que está sendo colocado em prática.

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Confira também

Close
Close