Geral

Eleições 2016: encontros com candidatos e visão sobre 2º turno

As eleições 2016 para prefeito de Belo Horizonte estão sendo aguardadas sob muita expectativa e olhares de cidadãos e servidores públicos, em busca de escolher o seu candidato. 

E neste momento de pesquisa e conhecimento sobre os 11 candidatos à administração pública, estamos juntos na busca por entender propostas e trabalhos desenvolvidos por eles, para que exerçamos, todos nós, a nossa cidadania de maneira consciente. 

O SINFISCO convidou os candidatos a prefeito para uma reunião em sua sede, com o objetivo de conhecer melhor o político e apresentar a categoria dos auditores fiscais de tributos e o trabalho desenvolvido para a arrecadação do município de Belo Horizonte. Os candidatos que se disponibilizaram a investir um tempo com os representantes da categoria em reunião foram:

  • Sargento Rodrigues (PDT)
  • Maria da Consolação (PSOL)
  • Josué Valadão (PSB) – vice Délio Malheiros (PSD)
  • João Leite (PSDB)

O primeiro encontro foi com candidato Sargento Rodrigues (PDT), acompanhado do seu vice, Edson Pereira (PTB), na oportunidade aproveitamos para conhecer melhor seus planos de campanha e apresentar as propostas da categoria. Durante o encontro o candidato apresentou sua trajetória de vida e política na capital, e foram levantados pontos como a importância do fortalecimento da categoria.

Logo após, a diretoria do SINFISCO tomou um café, com Josué Valadão (PSB), vice-candidato à prefeitura de Belo Horizonte, na chapa de Délio Malheiros (PSD). Durante uma conversa descontraída a diretoria do SINFISCO buscou conhecer melhor os planos de governo e apresentar as propostas da categoria.

Em seguida, foi a vez de se reunirem com o candidato João Leite (PSDB), onde a diretoria aproveitou para reforçar a importância da categoria para o financiamento das políticas públicas.

Já no encontro com Maria da Consolação (PSOL),  a candidata trouxe à tona pautas da atual política nacional, e as mudanças no estilo e tempo de campanha para estas eleições.

Nos encontros, a diretoria apresentou o projeto de modernização da Administração Tributária de BH (PMAT-BH), com diagnósticos e propostas para otimizar o trabalho de fiscalização tributária, com a consequente melhoria da arrecadação do município, a partir de investimentos em tecnologia e infraestrutura, bem como a edição de normativos.

“Esses encontros reforçam a relevância da Administração Tributária. Conscientes de que é nossa responsabilidade entregar à sociedade um produto decorrente da eficiência da máquina pública, temos que ofertar avaliações e sugestões aos mandatários e gestores”, afirma o presidente do SINFISCO, Célio Fernando.

Eleições 2016: BH está para confirmar segundo turno

eleicoes-2016-quadro

No próximo dia 2 de outubro, os belorizontinos irão às urnas para escolher o prefeito e os vereadores que atuarão pelos próximos quatro anos.

Cruzando os dados das oito pesquisas divulgadas por quatro institutos (Ibope, Data Folha, Data Tempo CP2 e Instituto Paraná), concluímos que haverá segundo turno. Desenha-se uma disputa entre João Leite e Alexandre Kalil.

As intenções de votos coletadas pelas pesquisas eleitorais apresentam uma queda expressiva no desempenho dos partidos de esquerda. PT, PSTU e PSOL largaram com 11% das preferências e na última pesquisa apareceram com 6%.

Excetuando os dois candidatos mais bem colocados nas pesquisas, João Leite e Kalil, respectivamente, os percentuais de todos os demais, assim como de votos brancos, nulos e de eleitores indecisos, decresceram. Na primeira apuração, esses somavam 68%, já na última: 45%.

Essa diferença de 23% migrou diretamente para João Leite e Alexandre Kalil, em partes praticamente iguais, o que resulta num crescimento mais vigoroso do segundo colocado. Mas a diferença entre esses dois candidatos tem se mantido em cerca de 11%.

Nas três simulações de segundo turno feitas até agora, por Ibope e Data Folha, os resultados apontam a vitória de João Leite, com uma vantagem média de 16 pontos.

Apesar dessas tendências, o eleitor deve focar na importância do momento e ter em mente a sua responsabilidade. É preciso pesquisar a vida dos candidatos e comparar suas propostas. Estamos para eleger aquele que administrará nossa cidade pelos próximos quatro anos, quando teremos a oportunidade de julgar seu desempenho. Vamos delegar ao próximo Prefeito decisões sobre temas muito importantes: saúde, educação, segurança, mobilidade.

Reflita, neste momento, todos esses são apenas candidatos, estão correndo atrás de nossos votos, querem merecer a nossa confiança. Eleitor, até o dia da eleição, o protagonismo é seu, você é o personagem principal, o poder está em suas mãos. Exerça-o bem! E não se esqueça: documento oficial com foto e “colinha”, no dia da eleição.      

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Close