Tributação

Como ingressar na carreira de Auditor Fiscal de Tributos?

O cargo de Auditor Fiscal de Tributos está em evidência no cenário nacional como nunca antes. Com a crise econômica e os casos de má gestão e corrupção recorrentes na mídia, dos quais decorre a grave situação das finanças públicas, o trabalho dos auditores fiscais ganhou notoriedade. Neste post você vai conhecer melhor o trabalho e os pontos fortes dessa carreira que coopera diretamente com o crescimento de nossa nação, por meio da justiça fiscal. 

O que faz um Auditor Fiscal de Tributos?

Esse técnico audita as contas dos contribuintes, verificando o cumprimento das obrigações fiscais, com o fim de garantir o correto recolhimento dos tributos. O trabalho de um Auditor Fiscal de Tributos é o mesmo nos âmbitos municipal, estadual e federal. Ele atua para que o sistema tributário brasileiro tenha o pleno funcionamento, prevenindo e coibindo crimes como sonegação de impostos e lavagem de dinheiro.

Pela lei, o auditor deve:

· Identificar os fatos que geram a obrigação de pagar tributos;

· Verificar se os recolhimentos foram feitos corretamente;

· Aplicar sanções nos casos de descumprimento dos dispositivos legais.

A auditoria fiscal na área tributária é fundamental tanto para o setor público, quanto para o setor privado, pois, para aquele representa a defesa da arrecadação e, para esse, a segurança de tratamento isonômico no cumprimento das obrigações fiscais.

Pontos positivos da carreira de Auditor Fiscal de Tributos

A carreira está entre as mais valorizadas do serviço público, com um dos mais altos salários, benefício adquirido ao longo dos anos de conquistas da categoria diante da Administração.  Isso torna os concursos públicos para o cargo ainda mais disputados. 

Quatro pontos positivos podem ser destacados sobre o trabalho de um auditor para quem tem o objetivo de ingressar no funcionalismo público e construir história na auditoria tributária: Estabilidade, Remuneração, Carreira e Realização Pessoal.

Em meio às inseguranças das área privada, principalmente em momentos de crise econômica, o cargo proporciona estabilidade para o planejamento familiar e profissional do auditor. A remuneração está entre as mais altas do serviço público e a auditoria tributária é organizada em carreira, com progressão por tempo de serviço e por escolaridade. E, por fim, a realização pessoal do auditor ….

Quem pode ser Auditor Fiscal de Tributos?

Para ingressar na carreira o interessado prestará concurso público para nível superior, podendo ser graduado em ciências exatas, humanas e biológicas. O auditor fiscal atua nos setores de arrecadação da unidade a qual está vinculado, bem como em portos, aeroportos e aduanas, além de realizar fiscalizações in loco. 

O sistema tributário brasileiro é o mesmo para as três esferas de governo e seu funcionamento no país é único, de acordo com o que dispõe o Código Tributário Nacional (CTN). É das administrações tributárias a responsabilidade de ações para que o contribuinte cumpra com as obrigações tributárias e o auditor fiscal é quem tem a competência para executar essas ações. 

Diante da grande responsabilidade e importância do Auditor Fiscal de Tributos e, por se tratar de uma função privativa, cujas atividades não podem ser delegadas, essa é considerada Carreira Típica de Estado, por isso, os processos seletivos são rigorosíssimos, através de concursos que medem os conhecimentos técnicos e a aptidão intelectual dos candidatos.   

Por fim, para ingressar na carreira, é importante entender que, no âmbito moral e ético, do servidor será exigido: 

  1. Integridade;
  2. Responsabilidade;
  3. Dedicação;
  4. Organização;
  5. Comprometimento.

Porque ingressar na carreira de Auditor Fiscal de Tributos? 

O auditor fiscal da Receita Federal, Gustavo Muzy, compartilha motivos para ingressar na carreira fiscal. Assista!

Quer saber mais sobre a carreira de auditoria fiscal tributária? Deixe aqui o seu comentário! 

Tags
Ver mais

Artigos relacionados

Deixe uma resposta

Confira também

Close
Close